Melhor Futebol do Mundo

Ex-presidente do Corinthians cita gastos com Guerrero e detona gestão Bandeira de Mello no Flamengo

Em entrevista ao jornalista Jorge Nicola, Roberto de Andrade não poupou críticas a Eduardo Bandeira de Mello, ex-mandatário rubro-negro

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Ex-presidente do Corinthians cita gastos com Guerrero e detona gestão Bandeira de Mello no Flamengo

Ex-presidente do Corinthians cita gastos com Guerrero e detona gestão Bandeira de Mello no Flamengo

O atual sucesso do Flamengo, que consegue contratar jogadores a peso de ouro e, ao mesmo tempo, ganhar títulos, é ligado por muitos à gestão de Eduardo Bandeira de Mello, entre os anos de 2013 e 2018. Há, no entanto, quem discorde veementemente dessa tese.

Ex-presidente do Corinthians, Roberto de Andrade não poupou o ex-mandatário rubro-negro de críticas e até citou a contratação de Guerrero como um dos fatores para negar a austeridade do dirigente.

"Essa história que o Bandeira (de Mello) fez uma gestão para economizar, asfaltando tudo para essa nova diretoria, é conversa para boi dormir. Tentou montar time para ser campeão três ou quatro vezes, gastou o que não tinha, ficou devendo. O que salvou o Flamengo foi vender 300 e tantos milhões de jogador. Hoje todo mundo enaltece a gestão de mão de ferro do Bandeira, que não gastou. Como é que não gastou? Pagou R$ 46 milhões no Guerrero. E estou falando de um jogador só", bradou, em entrevista ao jornalista Jorge Nicola.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Em maio de 2015, o Flamengo anunciou a contratação do atacante peruano, que havia feito história no Corinthians e, mesmo tendo dito que nunca jogaria em outro clube no Brasil, recusou uma proposta de renovação contratual e preferiu sair para a Gávea.

"Como eu ia assinar uma renovação com o Guerrero, na ordem de R$ 46 milhões, e deixar os outros jogadores. Falei para ele: vá com Deus. Ele foi embora e nós fomos campeões. Deus ajuda quem faz as coisas direito. Não adianta eu quebrar o Corinthians para ter o Guerrero", concluiu Andrade.

Hoje no Internacional, Guerrero fez 112 partidas com a camisa rubro-negra e marcou um total de 43 gols durante as quatro temporadas em que lá atuou.

 
Sheik diz que não consegue escolher entre Flamengo e Corinthians
Comentários