Melhor Futebol do Mundo

Ex-zagueiro holandês rejeitou o Real Madrid por não querer aprender espanhol

Anos após ter tido a oportunidade, Bert Konterman admitiu que se arrependeu: 'Foi uma decisão estúpida'

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Konterman (pelo Feyenoord) marca Tore Andre Flo (do Chelsea)(Getty Images)

Konterman (pelo Feyenoord) marca Tore Andre Flo (do Chelsea) | Getty Images

Poucos jogadores no mundo recusariam a chance de jogar em um gigante do futebol mundial como o Real Madrid. Bert Konterman, ex-zagueiro holandês, foi um deles. E, entre os motivos para essa recusa, estava um que certamente ninguém esperava: não saber falar - e não querer aprender - espanhol.

Em entrevista ao podcast 'Talkin Fitbaw', Konterman relatou que, em 1999, o Real Madrid tentou comprá-lo do Feyenoord. Em um primeiro momento, o zagueiro ficou muito surpreso com a possibilidade de assinar pelo gigante espanhol.

"Leo Beenhakker era meu técnico e ele tinha passado pelo Real Madrid. Ele me falou: 'o Real Madrid quer você'. Eu respondi dizendo que ele estava brincando, eu não acreditava nele. Ele falou: 'eu quero que você fique no Feyenoord, mas entendo se você quiser ir para o Real Madrid porque é um clube fantástico'."

No entanto, a surpresa logo se tornou apreensão quando Konterman pensou nas dificuldades que teria ao se transferir para o Real Madrid. Entre elas, o idioma.

"Na minha cabeça, meu próximo passo seria para a Alemanha ou a Inglaterra, porque eu falava alemão bem e também tinha um bom inglês. Então, a Espanha era um pouco assustadora porque eu estava nervoso por me transferir a um clube desse tamanho e também nervoso por ter de aprender espanhol."

Acho que, como um ser humano, eu não estava pronto, naquele momento, para me transferir para o Real Madrid."

O Real Madrid acabou sendo campeão da Champions League na temporada 1999/2000. Konterman poderia ter feito parte daquele elenco e, apesar de afirmar que, na época, não tinha se arrependido, hoje admite que errou ao não assinar com os merengues.

Real Madrid conquistou a Champions na temporada em que Konterman recusou a proposta (Foto: Getty Images)

"No momento, eu não tinha nenhuma dor pela decisão. Mas guardei todas as reportagens que saíram no jornal porque, sem isso, ninguém acredita em mim."

Pensando melhor, foi uma decisão estúpida que tomei. Eles realmente me queriam, mas falei para Beenhakker que queria ficar no Feyenoord."

Uma temporada depois, Konterman se transferiu para o Rangers, onde permaneceu por três temporadas. Depois disso, teve passagem pelo Vitesse e pelo WOG Hardewijk antes de encerrar a carreira em 2006.

 
Com boa atuação de Gabriel Jesus, City bate o Real no Santiago Bernabéu
Comentários