Melhor Futebol do Mundo

Henry diz que torceu para que Liverpool igualasse a campanha dos ‘invencíveis’ do Arsenal

O ex-atacante dos Gunners se justificou dizendo ser fã do estilo de jogo apresentado pelos Reds

Avatar del

Por Redação Esporte Interativo

Henry revelou torcida para que Liverpool igualasse a invencibilidade do Arsenal de 2003/04(Sky Sports)

Henry revelou torcida para que Liverpool igualasse a invencibilidade do Arsenal de 2003/04 | Sky Sports

Um dos grandes ídolos do Arsenal, Thierry Henry, declarou em entrevista para a ‘Sky Sports’ que torceu para que o atual elenco do Liverpool alcançasse a campanha invicta do Arsenal de 2003/04 pela Premier League.

Após uma inesperada derrota por 3 a 0 para o Watford, o Liverpool não conseguirá repetir o feito dos ‘invencíveis’ do Arsenal, de Henry, Bergkamp, Vieira e outros.

“Acho o futebol deles contagiante, então quando você alcança esse patamar, você torce para que seja bem sucedido. Não sou contra quem pensa em se defender em primeiro lugar, mas minha visão de futebol é exatamente como o Liverpool joga, como o Barcelona joga", afirmou o ex-atacante.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Apesar de receber questionamentos sobre seu posicionamento, Henry frisou que seria importante para o desenvolvimento do esporte se o Liverpool conseguisse repetir a campanha histórica dos Gunners.

Porque as pessoas tendem a copiar os times que estão no topo, e eu amo quando um time consegue jogar em um alto nível como esse porque gera um impacto positivo na mentalidade de outros treinadores e do futebol no modo geral. Pensei que eles fossem conseguir, torci para que conseguissem.”

O Arsenal que se sagrou campeão invicto sob o comando de Arsène Wenger empatou 12 vezes na temporada de sua conquista. O atual Liverpool havia empatado apenas uma partida até sofrer a fatídica derrota que o impediu de igualar o recorde do clube londrino.  

 
O gol histórico de Lionel Messi sobre o Bayern do caído Jérôme Boateng
Comentários