Melhor Futebol do Mundo

Ídolo do Manchester United, Andy Cole revela batalha após transplante: 'Muitas vezes, quero desistir'

Ex-atacante passou por um transplante de rim e comentou sobre as dificuldades que vem enfrentando desde então

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Andy Cole tem passado por dificuldades após transplante de rim(Getty Images)

Andy Cole tem passado por dificuldades após transplante de rim | Getty Images

Andy Cole foi um dos grandes centroavantes da história do Manchester United. Campeão da Champions League na temporada 1998/99 pelo clube, o agora ex-jogador enfrenta uma batalha muito maior do que qualquer outra que viveu nos gramados: superar as dificuldades impostas por um transplante de rim.

Em entrevista ao 'The Guardian', Cole revelou que, desde 2017, vem sofrendo por conta do transplante e ainda não recuperou totalmente. Em determinadas ocasiões, chega até mesmo a pensar em "desistir de tudo".

"Existem muitos, muitos momentos em que eu quero desistir. E ponto. Não só da vida, mas desistir de tudo. Se torna muito difícil. Na última quarta, do nada, eu estava com dificuldades. Eu aceitei a derrota e tive de ficar na cama. Antes, até lutaria, mas agora sei que não tenho como vencer."

Para o ex-jogador, o isolamento tem piorado seu estado mental, uma vez que, vivendo sozinho, não consegue se distrair e se exercitar. Portanto, para Cole, os problemas decorrentes do novo rim acabam se acentuando.

"É muito difícil e, a cada dia, se torna pior. Estou vivendo sozinho há dois anos. Achava reconfortante sair e conversar com alguém. Me tirava de casa. Você pode falar com as pessoas por vídeo, mas não é a mesma coisa."

Mentalmente, é paralisante. Quando você acorda, se pergunta: 'ok, o que posso fazer hoje?' e acaba fazendo as mesmas coisas de sempre. Costumo dizer para meus amigos: 'estou exausto, estou exausto'".

Andy Cole na época de jogador, vestindo as cores do Manchester United (Foto: Getty Images)

Apesar de tudo, o agora assistente técnico do Southend United, da League One, terceira divisão inglesa, afirma que tem melhorado - segundo seus amigos - e se mantém positivo para tentar ajudar outras pessoas que passam pelo mesmo processo.

Um grupo de pesquisa do rim me procurou. Tive a oportunidade de ir até o laboratório deles. O que me impressionou foi quando me contaram quantas pessoas odiavam seus corpos depois do transplante. O pensamento era: 'eu não consigo me olhar, eu me odeio'. E eu estava passando por isso. Então, você ouve que outras pessoas passam pela mesma coisa. Quero ajudar essas pessoas."

"Eu me pergunto: 'Como passei por isso? Desde a doença, até o transplante e chegando aqui.' E não sei como consegui. Alguns dias são um borrão. Mas meus amigos dizem que minha melhora nos últimos 18 meses é inacreditável. Eles dizem que sou mais forte do que penso."

Revelado pelo Arsenal, Andy Cole teve boa passagem pelo Newcastle e se consolidou como ídolo do Manchester United. Pelos Red Devils, formou dupla de ataque marcante com Dwight Yorke e marcou 121 gols nas 274 partidas vestindo a camisa do clube.

 
Melhores Momentos - PSG 1x3 Manchester United
Comentários