Melhor Futebol do Mundo

Ídolo do Manchester United diz que saída de Beckham em 2003 foi positiva

Ryan Giggs alertou que 'os caprichos' do astro inglês era exagerados e que saída para o Real Madrid foi positiva para as duas partes

Avatar del

Por Redação Esporte Interativo

David Beckham foi um dos grandes nomes do United nos anos 1990

David Beckham foi um dos grandes nomes do United nos anos 1990

O ex-jogador do Manchester United, Ryan Giggs, declarou que a saída do astro David Beckham do clube inglês para o Real Madrid, em 2003, foi a melhor coisa, tanto para a equipe, quanto para o jogador. Em entrevista ao canal de TV 'BeIN Sports', o galês explicou que a relação entre Beckham e o técnico Alex Ferguson estava deteriorada.

"A relação entre os dois nunca mais foi a mesma depois do episódio em que Ferguson chutou uma chuteira e esta, sem querer, atingiu o olho de Beckham. Eles passaram a discutir a cada duas semanas. Além disso, os caprichos de Beckham já eram demais e aquele foi o momento certo para ele deixar o clube", disse Giggs.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis! 

A situação relatada pelo ex-meia ocorreu após uma derrota para o Arsenal. Segundo Giggs, algumas das discussões entre Beckham e Ferguson ocorriam por conta do ego do ex-camisa sete.

"A maioria dos problemas entre eles dizia respeito às decisões futebolísticas. Mas, às vezes, surgiam por reclamações de perda de influência sobre o elenco".

David Beckham foi um dos grandes nomes do Manchester United na década de 1990. Ele atuou em 394 partidas pelo clube, entre 1993 e 2003. Entre os principais títulos com os Diabos Vermelhos, ele conquistou a Champions League, na temporada 1998/99, e foi seis vezes campeão da Premier League.

 
Paulinho diz que continua acompanhando o Vasco e projeta volta no futuro
Comentários