Melhor Futebol do Mundo

Ídolo do United, Ferdinand afirma que temporada da Premier League deveria ser anulada

Ex-zagueiro, que agora é comentarista, indicou que deveria cancelar as rodadas restantes por conta do novo coronavírus

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Rio Ferdinand apoia que a temporada da Premier League seja cancelada(Getty Images)

Rio Ferdinand apoia que a temporada da Premier League seja cancelada | Getty Images

Quase todas as ligas de futebol do mundo estão suspensas. No entanto, ainda não se sabe se a temporada 2019/20 será concluída e como serão definidos campeões ou os times que serão rebaixados. Para alguns, a campanha deveria ser simplesmente anulada e a temporada 2020/21 seria disputada normalmente. Rio Ferdinand, ídolo do Manchester United, é um deles.

O ex-zagueiro, que agora tem o posto de comentarista, afirmou que não crê que os jogos devam voltar a ser disputados num futuro próximo. E ressaltou que sua opinião não tem a ver com o fato de não querer que o Liverpool, maior rival do United, levante o título inglês.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

"Sei que muitos vão falar 'ah, Rio, isso é porque você jogava pelo United', mas eu acho que a Premier League deveria ser anulada. Não vejo uma maneira de termos jogos sem que a saúde seja comprometida. É simples assim."

 

Explicando um pouco melhor seu ponto de vista, Ferdinand destacou que alguns jogadores podem continuar transmitindo a COVID-19 para outros, e isso já seria razão suficiente para que os jogos sejam cancelados.

"Falam de jogar com portões fechados, mas você ainda vai ter os jogadores lá. Eles não são parte da sociedade? Vão existir pessoas no estádio, como seguranças. Isso coloca todos em risco. Você tem de deixar de lado a história de 'vamos ganhar' ou 'tal time pode cair'".

Isso é sobre situações de vida ou morte. Futebol não é sério assim. Todos amamos isso, mas não é vida ou morte e, quando temos um assunto desses, você tem de colocar a saúde das pessoas antes de tudo."

 
Comentários