Melhor Futebol do Mundo

Infectado pelo novo coronavírus, médico do Stade de Reims comete suicídio

A informação foi trazida neste domingo pelo jornal 'Le Parisien' e depois confirmada pelo clube francês

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Stade de Reims lamenta a morte de Bernard Gonzalez(Divulgação Stade de Reims)

Stade de Reims lamenta a morte de Bernard Gonzalez | Divulgação Stade de Reims

Uma tragédia fez o clube francês Stade de Reims entrar em luto neste domingo. Bernard Gonzalez, médico da equipe, cometeu suicídio e pegou todos de surpresa. Aos 60 anos, ele tinha testado positivo para o novo coronavírus.

De acordo com o 'Le Parisien', Gonzalez deixou uma carta que liga seu suicídio ao fato de ele e esposa terem contraído a COVID-19. Não se sabe todo o conteúdo, mas especula-se que o médico não teria aguentado estar com a doença e ter que lidar com o isolamento social. 

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Ao saber da morte do médico da equipe, o presidente do Stade de Reims soltou uma nota lamentando o ocorrido. Leia a nota na íntegra:

"As palavras me falham, estou atordoado, prostrado diante desta notícia. Esta pandemia afeta o Stade de Reims no coração, é uma personalidade de Reims e um grande profissional do esporte que nos deixou. Sua missão no clube há mais de 20 anos foi realizada com o máximo profissionalismo, de maneira apaixonada e até altruísta. O doutor Gonzalez, nos períodos mais difíceis do clube, trabalhava voluntariamente. Ele é meu médico pessoal, e hoje todos os meus pensamentos, do clube dos quais ele continuará sendo uma figura forte, vão para sua esposa e seus pais. Hoje é um drama que nos impressiona."

Comentários