Melhor Futebol do Mundo

Jogadores de Bayern e Dortmund aceitam redução de salários

Atletas dos clubes alemães tomam decisão devido à crise do novo coronavírus e os efeitos na economia 

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Hummels e Müller posam lado a lado com as camisas de Bayern e Borussia Dortmund(Getty Images)

Hummels e Müller posam lado a lado com as camisas de Bayern e Borussia Dortmund | Getty Images

Os atletas de Bayern de Munique e Borussia Dortmund aceitaram reduzir seus salários durante a paralisão do futebol alemão devido à pandemia do novo coronavírus. Isso se deve à crise econômica que é esperada enquanto o futebol não retorna à normalidade.

Segundo o jornal alemão Bild, os jogadores do Bayern de Munique terão seus salários reduzidos em 20%. Já no caso do Borussia Dortmund, não se sabe a quantidade da redução, mas a medida foi elogiada pelo executivo chefe do Dortmund, Hans-Joachim Watzke.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

"Este é um sinal valioso de solidariedade. O Borussia Dortmund economizará dezenas de milhões no total, o que ajudará o BVB como um dos maiores empregadores de Dortmund em meio à crise do coronavírus. Um valioso sinal de solidariedade ao público e aos nossos 850 empregados", disse o executivo. 

Além de Bayern e Dortmund, clubes como Borussia Monhegladbach, Schalke 04 e Werder Bremen já haviam anunciado que seus jogadores aderiram à redução salarial. 

Nesta terça-feira, a federação alemã comunicou que a Bundesliga não retorna pelo menos até o dia 30 de abril. Segundo o executivo do Campeonato Alemão, Christian Siebert, já afirmou que 56 mil empregos estão ameaçados da suspensão da liga e mais da metade dos 36 clubes das duas primeiras divisões podem deixar de existir. 

Comentários