Melhor Futebol do Mundo

Jogadores do Elche protestam contra cortes salariais e não se apresentam para treino

A expectativa do elenco e dos funcionários era de uma renegociação junto à diretoria, o que não aconteceu

Avatar del

Por Redação Esporte Interativo

Jogadores e funcionários protestam contra reduções salariais e não comparecem a treino desta quarta (13)(Reprodução/Twitter Elche Club de Fútbol)

Jogadores e funcionários protestam contra reduções salariais e não comparecem a treino desta quarta (13) | Reprodução/Twitter Elche Club de Fútbol

O elenco do Elche, clube da segunda divisão espanhola, não se apresentou para os treinamentos dessa quarta (13) por conta de divergências com a diretoria sobre cortes salariais e redução de jornada de trabalho.

O incômodo foi por conta da manutenção da redução de 70% dos vencimentos em meio à crise de pandemia da Covid-19 e a expectativa dos atletas e funcionários era de uma renegociação destes valores para o prosseguimento das atividades no clube, o que não aconteceu. 

Informações do jornal 'As', dizem que os jogadores além de revoltados com a situação salarial também estão preocupados com um retorno tão rápido dos campeonatos de futebol na Espanha temendo não ter condições ideais de segurança e saúde. 

A diretoria do Elche acionou o Expediente de Regulação Temporária de Emprego (ERTE), orgão responsável por fazer alterações em contratos em meio a dificuldades financeiras dos empregadores, no início de abril. A diretora geral do clube, Patricia Rodríguez, argumentou que a jornada de trabalho foi reduzida e por isso a ação foi levada adiante.

Funcionários e jogadores foram testados para a Covid-19 e retornaram as atividades na última semana. Com as negociações ainda em andamento porém sem um acordo firmado, a comissão técnica representou os jogadores e comunicou a diretoria sobre o protesto realizado nesta quarta (13).

 
Gabriel Paulista comenta que retorno do futebol tem sido movido pelo lado financeiro
  • Campeonato Espanhol
Comentários