Melhor Futebol do Mundo

Jornal: Staff de Cristiano Ronaldo pode ter vazado informação de teste positivo de Dybala

Dirigentes do clube italiano temem que o atacante não queira mais voltar à Itália. Craque disse que só retorna ao país quando não houver risco de contaminação

Avatar del

Por Redação Esporte Interativo

Cristiano Ronaldo está na Ilha da Madeira desde o início de março(© 2020 Nicolò Campo)

Cristiano Ronaldo está na Ilha da Madeira desde o início de março | © 2020 Nicolò Campo

A decisão de Cristiano Ronaldo em só retornar à Itália quando não houver risco algum de contaminação pelo novo coronavírus é acompanhada com preocupação pela Juventus. Segundo o jornal 'Corriere dello Sport', os dirigentes italianos estão desconfiados que isso pode esconder a vontade do português em não jogar mais pelo clube.

Cristiano Ronaldo viajou para a Ilha da Madeira, em Portugal, no dia 8 de março, logo depois da vitória por 2 a 0 da Juventus sobre a Inter de Milão. Na ocasião, o futebol italiano ainda não havia sido suspenso oficialmente.

Alguns dias depois, em 11 de março, o zagueiro Daniele Rugani testou positivo para o novo coronavírus. Cristiano Ronaldo, então, enviou uma mensagem dizendo que permaneceria em Portugal e continuaria "acompanhando o desenvolvimento na emergência sanitária na Itália".

Outro fator que reforça o temor dos dirigentes tem relação com Paulo Dybala. Mais precisamente com a informação sobre o estado de saúde do argentino. É que, nesta quarta-feira (29), foi divulgada na Espanha a notícia, sem confirmação, que o meia havia testado positivo para COVID-19 pela quarta vez. Na Itália o rumor é que isso teria sido vazado pelo entorno de Cristiano Ronaldo, como forma de justificar a decisão do português.

Mesmo com o número de casos de contaminação e mortos diminuindo, o governo italiano ainda adota cautela com relação ao término da quarentena. E é justamente a falta de garantias totais que impede a volta de Cristiano Ronaldo. 

 
Cafu diz que Ronaldo é melhor que CR7 e Messi
Comentários