Melhor Futebol do Mundo

Jornal inglês faz lista dos atacantes que mais decepcionaram na Premier League

Jornal 'The Sun' publicou a relação com muitos jogadores que brilharam fora da Inglaterra, mas não tiveram o mesmo desempenho na Premier League. Há dois brasileiros nesta lista

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

O jornal inglês 'The Sun' divulgou uma lista de atacantes que chegaram com muita expectativa, mas que fracassaram no Campeonato Inglês. Entre os jogadores enumerados estão grandes campeões da Champions League, como o ucraniano Shevchenko e o espanhol Fernando Morientes. E também dois brasileiros: Robinho e Alexandre Pato.

Diego Forlán: O uruguaio, que seria um dos artilheiros da Copa do Mundo de 2010, defendeu o Manchester United na temporada 2004/05. Demorou 34 jogos para fazer um gol.

Fernando Morientes: O espanhol conquistou três vezes a Champions League pelo Real Madrid. Chegou ao Liverpool na temporada 2005/06, e pelos Reds fez 8 gols em 41 jogos.

Hernán Crespo: Artilheiro por onde passou, com muito sucesso no futebol italiano, onde defendeu Parma, Lazio, Milan, Inter e Genoa. Chegou ao Chelsea em 2003 e apesar do bom início, onde fez 10 gols em 19 jogos, teve vários problemas com lesões. Em cinco anos em Londres, fez apenas 49 jogos e marcou 20 gols.

Andriy Shevchenko: O ucraniano brilhou no Milan, conquistando a Champions League na temporada 2002/03. Contratado pelo Chelsea, em 2005, por 73 milhões de euros, fez apenas nove gols em 48 jogos. Esteve apenas uma temporada na Inglaterra e voltou ao Milan por empréstimo.

Robinho: A primeira grande contratação do 'novo rico' Manchester City. Chegou em 2008 como grande astro, vindo do Real Madrid, ao custo de 41 milhões de euros. Apesar do investimento, não apresentou o resultado esperado. Em duas temporadas, fez 41 jogos e marcou 14 gols. Foi emprestado ao Santos, clube que o revelou, em 2010.

Falcao García: O atacante colombiano fez muito sucesso em Porto, Atlético de Madrid e Monaco. Foi emprestado pelo clube francês ao Manchester United, na temporada 2014/15. Após performances decepcionantes, o United não realizou a opção de compra. Novamente emprestado, desta vez ao Chelsea, sofreu com lesões. Pelos Blues foram apenas 10 jogos e 1 gol. Ao todo, na Inglaterra, fez 36 partidas, com 5 gols marcados.

Roberto Soldado: O espanhol bateu em 2013 o recorde de maior transferência da história do Tottenham (26 milhões de libras). Anotou apenas sete gols em duas temporadas pelos Spurs. 

Alexandre Pato: O atacante, de quem muito se esperava, chegou ao Chelsea em 2016 emprestado pelo Corinthians. A estreia foi animadora, com o brasileiro tendo anotado um gol. Mas esse foi o único pelos Blues. Fez apenas dois jogos com a camisa do clube.

Gonzalo Higuaín: Seu talento goleador é indiscutível. O argentino brilha pela Juventus, e também brilhou por Real Madrid e Napoli. Mas pelo Chelsea fez apenas 14 jogos, com cinco gols anotados em 2019. 

Álvaro Morata: Duas vezes campeão da Champions League pelo Real Madrid, duas vezes campeão italiano com a Juventus. Em 2017 foi contratado pelo Chelsea por 66 milhões de euros. Apesar da boa primeira temporada, caiu de rendimento na segunda. Acabou emprestado ao Atlético de Madrid. 

Sergei Rebrov: Fazia uma dupla poderosa com Shevchenko no Dínamo Kiev no fim dos anos 90. Foi contratado pelo Tottenham em 2000 por 11 milhões de libras. Em quatro anos fez 10 gols em 60 jogos.

 
Ao "The Players' Tribune", Douglas Costa fala sobre lesões na carreira
Comentários