Melhor Futebol do Mundo

Klopp critica calendário e pede debate que pense 'nos jogadores, não nas carteiras'

Técnico do Liverpool afirmou que jogadores que também jogam pela seleção acabam tendo apenas duas semanas de férias

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Klopp quer que o calendário inglês seja reformulado(Getty Images)

Klopp quer que o calendário inglês seja reformulado | Getty Images

Técnicos e jogadores brasileiros costumam reclamar do calendário do futebol nacional, que obriga atletas a disputarem mais jogos do que deveriam, na visão dos mesmos. Na Inglaterra, a situação não é tão diferente, ao menos para Jürgen Klopp.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

O técnico do Liverpool afirmou, em entrevista coletiva, que os jogadores europeus enfrentam um calendário que exige demais fisicamente deles. Além disso, Klopp fez um pedido aberto para que as entidades que regulam o futebol pensem mais nos atletas quando calendarizarem os jogos.

"Os jogadores que atuam também por seleções e disputam as maiores competições têm, em média, duas semanas de férias. É um fato. Duas semanas. É uma função fisicamente exigente, com pressões que não nos permitem dar menos importância para certas partidas. FIFA, UEFA e as ligas nacionais, talvez junto às copas, devem sentar na mesma mesa e debater pensando nos jogadores, não em suas carteiras."

As soluções para o problema passam, para Klopp, por uma reformulação do calendário inglês. O treinador alemão descartou várias alternativas, que envolveriam primariamente o aumento dos elencos dos clubes.

"Nós vemos como os melhores jogadores não mantêm o nível mais alto por tanto tempo quanto gostaríamos, eles têm lesões graves e afins. Precisamos de elencos maiores? O jogo não foi feito para tal, não podemos contratar 40 jogadores, dar férias para a metade até janeiro e, dali em diante, trazê-los. Também não podemos gastar tanto, não é assim que tudo funciona. No momento, há uma desequilíbrio entre o número de jogadores e de competições."

Na temporada 2018/19, o Liverpool disputou 53 partidas. O número poderia ter sido maior, caso o clube não tivesse sido eliminado na primeira fase que disputou na Copa da Inglaterra e na Copa da Liga Inglesa. Sadio Mané, um dos jogadores citados como exemplo do baixo tempo de descanso, também fez 13 jogos com a seleção do Senegal, totalizando 66 jogos possíveis durante a temporada.

 

Comentários