Melhor Futebol do Mundo

Lateral tunisiano é condenado a quatro meses de prisão por furar a quarentena

Hamdi Nagguez, que disputou a Copa do Mundo pela seleção de seu país, cumprirá pena em liberdade vigiada

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Hamdi Nagguez atuou pela seleção tunisiana na Copa do Mundo de 2018(AFP via Getty Images)

Hamdi Nagguez atuou pela seleção tunisiana na Copa do Mundo de 2018 | AFP via Getty Images

O tunisiano Hamdi Nagguez, de 27 anos, foi condenado a quatro meses de prisão em liberdade vigiada por ter furado a quarentena, decretada em seu país natal em 18 de março.

O jogador, que atua pelo Suduva, da Lituânia, teria ofendido um policial que o interpelou e, além do problema do isolamento social, acabou detido por desacato à autoridade, segundo informações da rádio local 'Mosaïque FM'.

O incidente teria ocoriddo em 22 de abril, quando Nagguez conduzia seu veículo e foi parado pela Guarda Nacional da Tunísia em um dos controles rotineiros promovidos pelo governo do país norte-africano.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Segundo informações da OMS (Organização Mundial da Saúde), foram detectados 1.032 casos, sendo 45 mortes confirmadas, no total. O presidente Kais Saied anunciou nos últimos dias a reabertura gradual do comércio no local, e os jogadores poderão retornar às atividades normais gradativamente.

Revelado pelo Étoile Sahel, da Tunísia, Nagguez é um dos pilares da seleção de seu país e, inclusive, atuou em duas das três partidas disputadas na Copa do Mundo da Rússia, em 2018, contra Bélgica (derrota por 5 a 2) e Panamá (vitória por 2 a 1). 

 
EXCLUSIVO: Bruno Guimarães aponta que Flamengo, Palmeiras e São Paulo teriam condições de brigar com times europeus
  • Tunísia
Comentários