Melhor Futebol do Mundo

Maurizio Sarri e Antonio Conte criticam utilização do VAR na Itália

Técnicos de Juventus e Internazionale afirmara que não gostam da maneira como árbitros têm usado o recurso

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Sarri e Conte não são fãs do árbitro de vídeo na Itália(Getty Images)

Sarri e Conte não são fãs do árbitro de vídeo na Itália | Getty Images

Criado para tentar corrigir erros da arbitragem, o árbitro de vídeo, conhecido como VAR na sigla original em inglês, segue gerando polêmica ao redor do mundo. Apesar da maioria dos treinadores e jogadores admitir sua importância, a utilização do recurso ainda não é perfeita e dá margem a críticas.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

Dessa vez, os treinadores Maurizio Sarri, da Juventus, e Antonio Conte, da Internazionale, deram sua opinião a respeito de como o VAR vem sendo utilizado pelos árbitros italianos. Os dois têm visões parecidas e fizeram críticas à condução das checagens.

"Não está sendo utilizado da mesma forma por todos. É importante para as grandes decisões. Ano passado eu estava mais confiante em relação a ele, mas hoje já não estou tão confiante em como deveria ser utilizado, porque há muita insegurança e instabilidade", afirmou o comandante da Inter.

Sarri admitiu não entender direito como funciona o protocolo para utilização do VAR, mas adotou tom ainda mais crítico do que Conte, deixando claro que realmente não gosta do recurso.

"Eu prefiro quando os árbitros controlam o jogo dentro de campo. Nem todas as situações precisam ser comunicadas. Quando há um toque de mão, eu ainda não consegui entender as regras. Aliás, na vida real, no dia a dia, você tem regras absurdas e precisa contorná-las. Eu digo que não gosto [do VAR]. Foi criado para identificar erros macroscópicos e agora é usado três ou quatro vezes por jogo. Eles usam de forma mais limitada fora daqui."

Apesar da postura de Sarri, a crítica na Itália é de que, na última rodada, alguns árbitros seguiram com suas marcações de campo duvidosas, que poderiam ter sido ao menos revisadas no vídeo, em partidas como Napoli x Atalanta, Roma x Napoli e Juventus x Genoa.

 

Comentários