Melhor Futebol do Mundo

Melhor do mundo, Rapinoe cobra ação de nomes como Messi e CR7 contra discriminação

Megan Rapinoe reclamou do silêncio de protagonistas do futebol masculino sobre temas como o racismo e o sexismo

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Megan Rapinoe foi decisiva no título dos Estados Unidos na Copa do Mundo Feminina(Getty Images)

Megan Rapinoe foi decisiva no título dos Estados Unidos na Copa do Mundo Feminina | Getty Images

A americana Megan Rapinoe não esteve presente na cerimônia de premiação da Bola de Ouro, mas foi eleita a melhor jogadora do mundo em 2019, participando da solenidade por vídeo. Além disso, também concedeu entrevista depois de ser coroada, e falou sobre sua postura fora dos gramados.

A atacante do FC Reign é conhecida não só por sua performance dentro de campo, mas também pelos protestos por mais igualdade e pelo fim da discriminação no futebol. Rapinoe aproveitou o espaço para questionar, em entrevista à 'France Football', por que as estrelas do masculino se mantêm em silêncio sobre males como racismo e sexismo.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

"Eu quero gritar 'Cristiano, Leo [Messi], Zlatan, me ajudem!'. Essas grandes estrelas não se engajam em nada, quando há muitos problemas no futebol masculino. Eles têm medo de perder tudo? Podem acreditar nisso, mas não é verdade. Quem apagaria os nomes de Messi ou Ronaldo do mundo do futebol por uma declaração contra o racismo ou o sexismo?"

Rapinoe foi recompensada depois de um excelente temporada, especialmente no título da seleção dos EUA na Copa do Mundo Feminina. No Mundial, a camisa 15 marcou seis gols, incluindo um na final contra a Holanda.

  • Megan Rapinoe
Comentários