Melhor Futebol do Mundo

Mourinho é apresentado no Tottenham e elogia elenco: 'O melhor presente de todos'

Técnico português participou de sua primeira coletiva de imprensa no comando do clube

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Mourinho participou de sua primeira coletiva de imprensa no comando do Tottenham(Twitter/Tottenham Hotspur)

Mourinho participou de sua primeira coletiva de imprensa no comando do Tottenham | Twitter/Tottenham Hotspur

O técnico José Mourinho já havia comandado sua primeira sessão de treinos no Tottenham ontem (20), mas só na manhã desta quinta-feira (21), participou da tradicional coletiva de imprensa para apresentá-lo ao público. E manteve a irreverência de sempre.

O treinador conhecido como 'Special One' afirmou estar muito contente com a chance que recebeu nos Spurs, mas revelou que o sorriso que ostenta no rosto também contém um pouco de tristeza, por conta da saída de Mauricio Pochettino, a quem encheu de elogios.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

"Estou sorrindo por dois dias. Para início de conversa, faço isso com um pouco de tristeza, mas tenho que falar sobre Mauricio. Tenho que lhe dar os parabéns por conta do trabalho incrível que fez. Esse clube sempre vai ser a casa dele. O campo de treinos vai ser o campo dele. Ele sempre será bem-vindo. Ele vai encontrar a felicidade rapidamente e vai dar tudo como fez nesse clube. Vai sair com tristeza, mas com o sentimento de que fez um grande trabalho. É o que todos no clube sentiram."

Além disso, também comentou a respeito de sua abordagem tática e pessoal para o novo trabalho. Onze meses depois de seu último trabalho - à frente do Manchester United - Mourinho se disse tranquilo e se colocou à disposição dos jogadores.

Não vou cometer os mesmos erros. Farei novos. E também serei mais forte. De um ponto de vista emocional, estou relaxado, motivado e acho que passei isso para os jogadores. Estou pronto e aqui para lhes dar apoio."

Os jogadores, aliás, foram muito exaltados por Mourinho. Apesar de insatisfações com o elenco terem sido um dos motivos pelos quais Pochettino acabou demitido, o português afirmou que não pretende fazer grandes mudanças na base atual.

"O melhor presente de todos são os jogadores que tenho aqui. Não preciso de novos jogadores, só preciso conhecê-los melhor. Falei para eles que vim para cá por conta deles. Tentei comprar alguns deles para outros clubes e outros eu nem tentei, porque sabia que seria difícil. Não quero fazer grandes mudanças. Quero respeitar a base que eles criaram por cinco anos e meio."

O novo comandante do Tottenham, que já treinou o rival Chelsea em duas oportunidades, também explicou sua mudança de opinião, depois de ter afirmado - em 2015 - que nunca treinaria os Spurs: "Isso foi antes de me demitirem".

 
Comentários