Melhor Futebol do Mundo

Mourinho proíbe venda de Kane a outro clube da Premier League, diz imprensa inglesa

Nome de jogador do Tottenham é ligado a clubes como Real Madrid e PSG

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Wolverhampton Wanderers v Tottenham Hotspur - Premier League(2019 Getty Images, Getty Images Europe)

Wolverhampton Wanderers v Tottenham Hotspur - Premier League | 2019 Getty Images, Getty Images Europe

Harry Kane pode estar cada vez mais distante do Tottenham. Depois de declarações do atacante no fim de março, afirmando que poderia deixar o clube inglês caso não sentisse que estivesse evoluindo, jornais britânicos começaram a apontar possíveis destinos para o jogador. Porém, seu futuro deve seguir longe da Premier League. Nesta terça, o jornal espanhol 'As', reverberando a imprensa inglesa, apontou que Mourinho teria pedido ao presidente dos Spurs, Daniel Levy, que proibísse o atacante de fechar com clubes ingleses - estragando, assim, a intenção do Manchester United de contar com Kane. 

Segundo a publicação, dessa forma, somente Real Madrid e PSG teriam poderio econômico para pagar a multa milionária de Harry Kane, estipulada em 200 milhões de euros (equivalente a R$1,13 bilhão). O diário ainda aponta que o atacante inglês não é uma opção de momento para o clube merengue, visto que sua personalidade não chama a atenção da diretoria, que tem seus olhos virados para Erling Haaland no momento.

Já o PSG se encaixa como opção para o atacante. O time francês deve perder Cavani já nesta próxima janela de transferências e vê Mbappé na mira de gigantes europeus, como o próprio Real Madrid. Outra vaga pode se abrir no time caso Mauro Icardi, emprestado pela Inter de Milão, retorne à Itália. 

 
Exclusivo: Mourinho chama Lucas de herói e coloca 'culpa' da eliminação nos desfalques do Tottenham
Comentários