Melhor Futebol do Mundo

Na Alemanha, time entra com quatro a menos, respeita distanciamento social e perde por 37 a 0

Ripdorf, que disputa a 11ª divisão do Campeonato Alemão, se recusou a entrar em campo após um jogador do SV Holdenstedt II ter testado positivo para o novo coronavírus, mas encontrou solução para não pagar multa de 200 euros imposta pela federação

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Novo coronavírus segue assolando o futebol mundial(Getty Images)

Novo coronavírus segue assolando o futebol mundial | Getty Images

O Ripdorf, time que disputa a 11ª divisão do Campeonato Alemão, protagonizou uma verdadeira bizarrice na última semana.

Na partida diante do SV Holdenstedt II, a equipe da cidade de Uelzen se recusou a entrar em campo, uma vez que um atleta adversário havia sido testado positivo para o novo coronavírus. Para não pagar a multa da federação de 200 euros (quase R$ 1,3 mil, pelas cotações atuais), o clube decidiu jogar com apenas sete atletas, todos eles respeitando o distanciamento social.

De acordo com Patrick Ristow, dirigente do Ripdorf, os jogadores da equipe não entraram em contato direto com os atletas do Holdenstedt e decidiram ficar a dois metros de distância uns dos outros. Sem dó, o Holdenstedt aplicou uma goleada de 37 a 0.

Em entrevista após a partida, o técnico do time vencedor, Florian Schierwater, afirmou que "não havia razão para não disputar este jogo". De acordo com o próprio clube, todos os demais jogadores, além daquele contaminado, foram testados negativo para o vírus.

 
Técnico do Bayern de Munique, Hansi Flick destaca 'trabalho duro' no Bayern: 'Li que já não tínhamos mais respeito pelo time'
Comentários