Melhor Futebol do Mundo

Neymar revela treinamentos intensos para voltar 'na melhor condição possível'

Craque do PSG ainda afirmou ver uma coisa boa na pandemia: passar mais tempo com a família

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Neymar segue treinamentos em casa para quando futebol retornar(Getty Images)

Neymar segue treinamentos em casa para quando futebol retornar | Getty Images

O Paris Saint-Germain está, por enquanto, sem uma previsão de retorno às suas atividades após a Federação Francesa de Futebol anunciar o fim da Ligue 1, no final do mês passado, mas Neymar segue focado nos treinamentos para quando as competições retornarem para a equipe da capital.

"Estou aqui, treinando forte, no mesmo ritmo e frequência que teria no clube. Treinando até mais forte na verdade, com mais atividades para compensar a falta de jogos. A intenção é estar pronto para quando sinalizarem com o retorno das atividades no clube eu estar na melhor condição possível. Claro que a 'competição' faz falta, mas o Rica (Ricardo Rosa, preparador físico) fez um planejamento que está sendo cumprido à risca", comentou.

"Estou treinando quase todos os dias. Estou tentando me manter em forma, que é uma coisa bem difícil, mas tem coisa que muito importante mais à frente, então estou treinando sempre, me mantendo para não perder o ritmo, e de quarentena", completou Neymar.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

O craque, inclusive, diz tirar um benefício desta parada por conta do novo coronavírus: o tempo com seus familiares.

"Pensando que essa pandemia é uma coisa que parou o mundo e é uma coisa muito séria. A coisa boa que posso tirar disso é que posso passar mais tempo com a família e com meu filho, e isso me dá forças para continuar ficando em casa", afirmou.

"(Sinto falta) de jogar bola na rua, de ir para a praia com meus amigos. Eu sempre fui meio conhecidinho na cidade (de Santos) desde os 13 anos, então nunca cheguei a ser desconhecido totalmente, mas eu tinha mais privacidade, mais liberdade de fazer coisa com amigos que hoje eu não posso", concluiu Neymar.

 
Bruno Maziotti, chefe do departamento de prevenção e performance do PSG, fala sobre cancelamento da Ligue 1
Comentários