Melhor Futebol do Mundo

Pogba revela ter organizado manifestação com pulseiras antirracismo no United

Pogba afirmou que preferiu realizar algo além de esperar que entidades como Fifa e Uefa organizassem algo

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Pogba organizou protesto usando pulseiras antirracismo(Getty Images)

Pogba organizou protesto usando pulseiras antirracismo | Getty Images

Recentemente, o brasileiro Fred foi vítima de racismo durante o clássico de Manchester, entre United e City. Como resposta não só a esse, mas a outros casos de racismo no futebol, o francês Paul Pogba organizou uma manifestação silenciosa com seus companheiros dos Red Devils.

Antes da vitória por 4x1 sobre o Newcastle, os jogadores do Manchester United se aqueceram usando pulseiras que reforçavam mensagens antirracistas, como "não ao racismo" e "somos um só". Pogba admitiu que tentou usar sua influência para fazer as pessoas falarem mais sobre a questão.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

"Eu não quero ser presidente, não quero ser um cara de política. Somos só jogadores de futebol. E queremos aproveitar isso. Isso [o protesto] é para mostrar que somos contra aquilo [racismo]. Sei que isso fará as pessoas falarem. Foi minha ideia fazer isso. Estava pensando em fazer algo, mas não queria fazer por meio da Fifa ou da Uefa."

Pogba também explicou um pouco mais da ideia do protesto. Para ele, trata-se de mostrar apoio a todos os jogadores que sofreram com o racismo recentemente.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

⚽ 2 gols em 45 minutos pro Willian contra o Tottenham. Nada mal, hein? ��

Uma publicação compartilhada por Esporte Interativo (@esporteinterativo) em

"Eu acho que é ignorância. Ignorância ou coisas assim. Temos que mostrar que somos só um. Vemos isso o tempo todo em vários estádios. [O protesto] é só para mostrar que damos apoio a todos os jogadores. E digo, negros, ou brancos ou chineses, ou quem quer que você seja. Mas só há uma raça. E é para mostrar respeito para todos."

Na penúltima rodada da Premier League, o zagueiro Antonio Rüdiger também foi vítima de racismo na partida do Chelsea contra o Tottenham. O alemão chegou a responder diretamente ao torcedor que imitou um macaco com o jogo ainda em andamento.

 
Comentários