Melhor Futebol do Mundo

Presidente da Federação Alemã propõe teto salarial para o futebol europeu

Presidente da entidade, Fritz Keller, sugere adotar modelo semelhante ao em uso pela MLS

Avatar del

Por Redação Esporte Interativo

Haaland foi destaque na rodada que marcou a retomada do Campeonato Alemão(PA Wire/PA Images)

Haaland foi destaque na rodada que marcou a retomada do Campeonato Alemão | PA Wire/PA Images

Há algum tempo já se prevê que a pandemia do novo coronavírus vai afetar economicamente o futebol. Buscando uma alternativa a isso, a Federação Alemã de Futebol sugeriu à Uefa a instituição de um teto salarial para os clubes do continente. 

"Existem salários absurdos que o momento não comporta mais. Deveríamos ter um teto salarial para todos, de forma a evitar um descalabro financeiro maior", disse o presidente da Federação Alemã, Fritz Keller, à revista 'Kicker'.

A sugestão de Keller se inspira no modelo adotado pela Major League Soccer (MLS), nos Estados Unidos. Lá, os clubes possuem um teto de gastos com salários de 5 milhões de euros anuais. Porém, cada equipe tem o direito a contratar três jogadores com salários fora desta orçamento estabelecido. 

 
Comentários