Melhor Futebol do Mundo

Presidente de comitê médico da Fifa indica que temporada deveria ser cancelada

Michel D'Hooge mostrou preocupação com tentativas de retomar o futebol nos próximos meses

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Médico da Fifa não gostaria que futebol voltasse nos próximos meses(Getty Images)

Médico da Fifa não gostaria que futebol voltasse nos próximos meses | Getty Images

Apesar do Campenato Holandês ter sido cancelado e o Francês parecer ir pelo mesmo caminho, alguns países ainda alimentam a esperança de retomar seus torneios nas próximas semanas ou meses. No entanto, Michel D'Hooge, presidente do comitê médico da FIFA, é contra a ideia.

Em entrevista ao 'The Telegraph', o médico afirmou que, no caso da crise imposta pelo novo coronavírus, a questão financeira deve ficar em segundo plano.

"Todos têm de ser muito cuidadosos por enquanto. Ouvi que em muitos países, estão pensando em jogar futebol de novo, com ou sem público. Na minha longa carreira, vi muitas situações em que houve uma disputa entre as finanças e a saúde. Na maior parte do tempo, o dinheiro venceu." 

Mas se há uma circunstância em que os argumentos médicos deveriam vencer contra argumentos financeiros, é agora. Não é questão de dinheiro, é questão de vida ou morte. É bem simples."

 

Segundo D'Hooge, a melhor opção seria encerrar todas as atividades na atual temporada e começar o ciclo 2020/21 no fim de agosto ou até mesmo em setembro.

"Vou ficar muito feliz se pudermos começar, de uma maneira conveniente, o próximo campeonato e não ter nada antes do início da próxima temporada. Se puderem começar a temporada 2020/21 no fim de agosto ou início de setembro, eu ficaria feliz. Provavelmente, poderiam evitar uma segunda onda de ataque do vírus, o que não é impossível."

A Alemanha é um dos países onde o futebol deve retornar em breve. Algumas equipes já retornaram aos treinamentos e, a princípio, as partidas poderiam acontecer já em maio.

 
Cafu diz que Neymar é um dos melhores do mundo
  • FIFA
  • Michel D'Hooge
Comentários