Melhor Futebol do Mundo

Presidente de lanterna do Italiano pede cancelamento do campeonato: 'Tenho medo de sair de casa'

Mandatário do Brescia, Massimo Cellino deu duras declarações a respeito da pandemia do novo coronavírus, que já matou mais de 3.800 pessoas na Itália

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Massimo Cellino, presidente do Brescia, da Itália(Getty Images)

Massimo Cellino, presidente do Brescia, da Itália | Getty Images

A crise do novo coronavírus parece cada vez mais incontrolável na Itália e fez o país entrar em sinal de alerta máximo. O Campeonato Italiano, por exemplo, está suspenso, mas há quem peça para que ele seja logo cancelado.

Massimo Cellino, presidente do Brescia, é um deles e deu duras declarações a respeito da pandemia, que já matou mais de 3.800 pessoas no país, até este domingo (22).

"Se falamos de futebol, devemos cancelar tudo até a próxima temporada. Realismo, cavalheiros! Esta é a nova Peste", afirmou, em entrevista publicada no jornal italiano 'Corriere dello Sport', comparando com a doença que acometeu e dizimou um terço da Europa entre os anos de 1343 e 1353.

O mandatário ainda disse que está "com febre há três dias" e que já está "de quarentena há 11", longe de sua mulher e filhos.

"O campeonato não me importa. Me dá medo de sair de casa. Estou com depressão", complementou Cellino.

O Brescia ocupa atualmente a lanterna do Campeonato Italiano, com apenas 16 pontos ganhos. Caso o torneio fosse realmente cancelado, o clube seria um dos rebaixados à segunda divisão nacional. 

 
Robinho fala sobre situação na Turquia
  • campeonato italiano
Comentários