Melhor Futebol do Mundo

Real Madrid negocia redução de salário de jogadores, diz rádio espanhola

Parcela reduzida ficaria entre 12% e 20%, dependendo do retorno das competições

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Real Betis Balompie v Real Madrid CF  - La Liga(2020 Getty Images, Getty Images Europe)

Real Betis Balompie v Real Madrid CF - La Liga | 2020 Getty Images, Getty Images Europe

O Real Madrid é mais um clube a tentar reduzir sua folha salarial para amenizar a crise causada pela pandemia do novo coronavírus. De acordo com as informações da rádio 'Cadena SER', da Espanha, o clube merengue decidiu se antecipar à falta de decisão sobre o futuro do futebol espanhol e apresentou duas propostas aos jogadores: uma de redução de 12% do salário e outra de 20%.

De acordo com a emissora, a proposta de reduzir 12% ocorreria caso as competições retornem e sejam concluídas. Dessa forma, o Real Madrid conseguiria economizar 33 milhões de euros (equivalente a R$186,8 milhões). Caso a decisão final seja por não retornar com os jogos, se aplicaria a redução de 20%, fazendo com que o clube economizasse 56 milhões de euros (equivalente a R$317,1 milhões).

A rádio também informa que, com exceção de Toni Kroos - que já manifestou ser contra o corte à imprensa alemã -, todos os jogadores já aceitaram a redução salarial. Vale lembrar que o objetivo do corte é fazer com que os outros funcionários do Real Madrid (cerca de 800) não sofram nenhum tipo de cortes em seus salários, mesmo com a ausência de jogos. 

 
Vinicius Jr. explica motivo pelo qual foi titular e mostra confiança para jogo de volta
Comentários