Melhor Futebol do Mundo

Recuperado, Arteta revela como foram os sintomas do novo coronavírus

Ex-jogador e técnico do Arsenal relatou como foi sua experiência e afirmou que não teve tantas dificuldades, mas teve medo de contagiar família

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Arteta foi o primeiro nome da Premier League a testar positivo para o novo coronavírus(Getty Images)

Arteta foi o primeiro nome da Premier League a testar positivo para o novo coronavírus | Getty Images

O novo coronavírus, que causa a COVID-19, vem assombrando todo o mundo. Segundo números da Organização Mundial da Saúde (OMS), pouco menos de 21 mil pessoas já morreram por conta da doença, que contaminou mais de 460 mil pessoas. Apesar de ter maior letalidade entre idosos, ela também afeta pessoas mais jovens, como o técnico Mikel Arteta, do Arsenal.

Arteta foi o primeiro nome da Premier League a testar positivo para o vírus, fazendo com que a liga, enfim, seguisse o ritmo do continente e suspendesse suas partidas. Ex-jogador, o espanhol não teve grandes problemas de saúde, mas relata que foi tomado pela preocupação de passar a doença adiante.

"Estou me sentindo completamente recuperado agora. Foi um vírus normal para mim em termos de sintomas. Tive três ou quatro dias um pouco difíceis, com alguma febre e uma tosse seca, além de um desconforto no peito. Mas a maior dificuldade é que tenho gente em casa, três filhos, e estava preocupado. Minha esposa e minha avó passaram por isso. As crianças nunca pegaram. Estamos todos bem agora."

 

Além disso, o treinador relatou como foi sua preocupação para que a partida entre Arsenal e Manchester City, que acabou adiada, não acontecesse. O motivo era justamente o risco de que ele, que ainda não havia se testado, tivesse contraído o vírus e pudesse transmiti-lo aos jogadores.

"Tínhamos um jogo no dia seguinte [de ligarem e avisarem que podíamos ter nos exposto], então tomei a decisão de chamar o médico. Fizemos uma reunião e eu disse: 'alguns jogadores foram expostos. Existe um grande risco e estou tendo sintomas claros. Então não podemos tomar essa decisão. Temos que falar com a Premier League, com o City e temos de fazer isso rápido.'"

Aí, você se toca: 'Uau, todo mundo pode ser exposto aqui e isso é muito sério'. E você começa a pensar nas pessoas com quem teve contato e outras que podem se relacionar conosco. É aí que vem um pouco de medo."

 
Alex Telles faz aviso a brasileiro sobre o novo coronavírus: "Levem a sério"
Comentários