Melhor Futebol do Mundo

Roberto Carlos exalta Capello e detona Roy Hodgson: 'Me destruiu na Inter'

Ex-lateral criticou o treinador que teve na Internazionale, seu primeiro clube na Europa

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Roberto Carlos detonou Roy Hodgson(Getty Images)

Roberto Carlos detonou Roy Hodgson | Getty Images

O brasileiro Roberto Carlos é um dos laterais-esquerdos mais icônicos das últimas décadas. Dono de um chute poderosíssimo e muito ímpeto ofensivo, marcou história como o dono da posição na época 'galática' do Real Madrid. Mas a primeira experiência do defensor na Europa foi péssima, como o próprio contou nesta sexta (10).

Em entrevista ao 'Marca', Roberto Carlos afirmou que Fabio Capello, seu primeiro comandante no Real Madrid, foi o técnico mais importante de sua carreira. Especialmente porque, na Internazionale, seu primeiro clube, ele havia sido "destruído" pelo inglês Roy Hodgson.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

"Roy Hodgson me destruiu na Inter. Ele me fazia jogar no meio-campo. Eu não teria tido a chance de jogar pela Seleção. Não nos dávamos muito bem, mas eu não sabia muita coisa sobre o futebol europeu. Mas falei com Moratti [presidente da Inter] e pedi para que ele me deixasse sair. Fui para Madri por Capello. Ele é o técnico mais importante que tive."

 

A transferência fez muito bem para Roberto Carlos, que chegou ao Real em 1997 e só deixou o clube dez anos depois, passando o bastão da lateral-esquerda para o também brasileiro Marcelo. O lateral do penta conquistou três Champions e quatro títulos de La Liga em seu período na capital espanhola.

 
'É muito difícil o Marcelo sair do Real', revela Alê Oliveira
Comentários