Melhor Futebol do Mundo

Tachado de mercenário, Haland rebate acusações: 'É cômico'

Sensação norueguesa não gostou de acusações de que teria feito pedidos muito altos em negociação com o United

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Haland teve começo espetacular no Borussia Dortmund(Divulgação/Borussia Dortmund)

Haland teve começo espetacular no Borussia Dortmund | Divulgação/Borussia Dortmund

Sensação da temporada europeia, o norueguês Erling Braut Haland foi uma das contratações mais bombásticas da janela de janeiro, quando assinou com o Borussia Dortmund. Entretanto, também foi desejado pelo Manchester United. Nesta quinta (13), o jovem de 19 anos respondeu a acusações de que teria exagerado nos pedidos para assinar com o clube inglês.

Em entrevista ao 'Viasport', Haland explicou sua escolha pelo Borussia Dortmund, destacando que o técnico do United, o também norueguês Solksjaer, não foi suficiente para fazê-lo assinar com os Red Devils.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

"Da minha parte, o processo foi muito simples. Eu só joguei futebol e não me envolvi muito. O processo era só para encontrar o melhor clube para mim. Ole Gunnar [Solksjaer] foi muito importante para eu chegar onde estou hoje, mas concluímos que o Dortmund era a melhor opção para mim."

Em seguida, o centroavante rejeitou o rótulo de mercenário que ele indica que lhe foi colocado nas últimas semanas, indicando que nenhuma das acusações é verídica.

"Quem está escrevendo é que deveria falar sobre isso. Eles teriam que me explicar isso se me encontrassem. É até meio cômico eu ter esse rótulo. Todas as pessoas mais próximas de mim sabem que não sou assim. É realmente meio cômico."

Desde que chegou à equipe alemã, Haland teve um começo meteórico: em apenas cinco partidas com o Borussia Dortmund, o norueguês já marcou oito gols, com média de um tento a cada 34 minutos em campo.

 
Comentários