Melhor Futebol do Mundo

Thiago Silva relembra infância e revela que quase desistiu do futebol após ser rejeitado em testes

Zagueiro brasileiro contou sua história para as redes do PSG e também indicou que não tinha certeza alguma de que viraria profissional

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Thiago Silva relembrou primeiros passos no futebol(Getty Images)

Thiago Silva relembrou primeiros passos no futebol | Getty Images

O zagueiro Thiago Silva é, faz tempo, reverenciado como um dos melhores defensores do mundo. No entanto, uma infância difícil e o fato de ter sido rejeitado em "peneiras" quase o fizeram desistir do futebol.

Relatando sua história para as mídias do Paris Saint-Germain, Thiago indicou que não teve um começo fácil no mundo do futebol. Depois de entrar em uma escolinha aos sete anos, seu padrasto o incentivou a tentar voos maiores, mas o zagueiro não foi aceito logo de cara nos clubes.

 

"Meu padrasto me ajudou muito. Foi um cara que sempre me deu força, especialmente em momentos difíceis, como quando ia fazer teste e era reprovado. Ele chegava e dizia: 'vamos tentar em outro lugar, porque eu sei que você tem capacidade'. Mas com certeza foram momentos dolorosos para a gente. Eu pensei em desistir. Mas graças a Deus não desisti."

Se eu falar pra você que pensava que conseguiria [ser profissional], eu vou estar mentindo. Eu não pensava. A gente tinha um sonho, mas a certeza, não tinha."

Outra dificuldade enfrentada por Thiago Silva, que afirmou durante a entrevista que buscava o sonho do futebol tendo a noção de que poderia ser a "escapatória" para o trabalho de cobrador de Kombi, já que seu irmão era motorista, era o fato de que muitas vezes, as brincadeiras com amigos de infância, por exemplo, foram deixadas de lado.

"Uma coisa que me deixava triste, momentaneamente, era o fato de chegar em casa tarde, meus amigos estarem na rua, me chamarem para brincar e eu não poder, porque tinha uma responsabilidade no dia seguinte. Isso me doía, mas eu era tão apaixonado pelo futebol que fiz isso com muita paixão."

Eu praticamente abdiquei de muitas coisas da minha infância para o trabalho. Naquele momento, era preciso fazer, até porque a gente passava uma fase difícil em casa."

Depois de se destacar pelo Juventude, Thiago Silva se transferiu ao Porto. No clube português, não teve tantas oportunidades e acabou emprestado ao Dinamo Moscou, onde viveu o pior capítulo de sua carreira, correndo sério risco de vida por conta do agravamento de uma tuberculose.

Após a experiência na Rússia, voltou ao Brasil em 2006, para jogar pelo Fluminense, de onde se projetou para o mundo. Em 2009, assinou pelo Milan e se consolidou como um dos principais zagueiros da Europa, se transferindo para o PSG - onde hoje é capitão e ídolo - em 2012.

 
Mário Bittencourt sobre Thiago Silva
Comentários