Melhor Futebol do Mundo

Torcedor que chamou brasileiro de 'macaco' recebe suspensão de três anos de estádios italianos

Punição vem após comentário em rede social; italiano também enfrenta processo judicial

Juan Jesus recebeu apoio da Roma depois de sofrer ofensas racistas(2018 Getty Images, Getty Images Europe)

Juan Jesus recebeu apoio da Roma depois de sofrer ofensas racistas | 2018 Getty Images, Getty Images Europe

Atormentado por casos de racismo nesta temporada, o futebol italiano finalmente tomou uma posição firme contra um dos casos denunciados. Depois de Juan Jesus ser chamado de "macaco" por um torcedor da Roma, a polícia italiana baniu o torcedor de qualquer estádio italiano por três anos.

Mensagens ofensivas e de cunho racista contra Juan Jesus foram enviadas via Instagram para o jogador brasileiro. Andrea Dell'Aquila, o dono da conta, foi denunciado pela Roma à polícia. O clube também proibiu que o torcedor assistisse a jogos da Roma no Olímpico pelo resto da vida.

Nesta quinta-feira (10), foi anunciado que a polícia italiana emitiu uma Ordem de Banimento (DASPO) para o torcedor, que não poderá entrar em um estádio por três anos.

Entretanto, diversos outros casos de racismo seguem acontecendo no país. Durante as quatro primeiras rodadas da Serie A, foram registrados cânticos racistas em três delas.

Comentários