Melhor Futebol do Mundo

Totti: "O Real Madrid me ofereceu tudo, menos ser capitão"

Em entrevista para revista 'Líbero', Francesco Totti explicou porque não se transferiu para os 'Galácticos'

Avatar del

Por Redação Esporte Interativo

Totti relembrou o episódio de sua quase transferência para o Real Madrid(Reuters)

Totti relembrou o episódio de sua quase transferência para o Real Madrid | Reuters

Nesta segunda (18), o ex-capitão da Roma, Francesco Totti, concedeu uma entrevista para a revista 'Líbero' e relembrou o período em que por muito pouco não se tornou mais uma estrela do Real Madrid. Tida como uma das maiores frustrações de Florentino Pérez, Totti afirmou que teve vontade de atuar pelos merengues.

Digamos que tive a intenção de ir, havia 80% de chance”

"A Roma não estava em seu melhor momento, ainda que Sensi (presidente da Roma na época) tivesse feito de tudo pra que eu ficasse. O Madrid pagava alto, me ofereceu muito, qualquer coisa para me transferir pra lá. Tudo menos ser capitão, que era o Raúl. Raúl tinha que ganhar mais porque era o capitão e símbolo do clube. Qualquer jogador que chegasse tinha que ganhar menos que o Raúl”, disse o atacante.

Além da questão de valores, Totti ainda relembrou que inclusive sua esposa queria que a transferência fosse concretizada.

"E ainda tinha a Ilary (esposa de Totti) que me dizia ‘eu largo tudo, vou contigo, tomemos essa decisão, que é ir para o Real Madrid' ”.

Mas apesar de toda a pressão, o ex-capitão da Roma afirmou que no final, o que pesou para sua permanência foi o amor pelo clube da capital. 

Tomei a decisão de ficar pelo coração. Foi uma decisão pensando na torcida, nos amigos, na família. Era fazer algo diferente que qualquer outro jogador sempre havia feito. Muitos iam para o Real Madrid, Barcelona ou Bayern de Munique...Me sentia diferente assim. Era um jogador muito bom e diferente porque sempre vesti a mesma camisa”.

 
EXCLUSIVO: Bruno Mazziotti fala sobre trabalho à distância com jogadores do PSG

Comentários