Melhor Futebol do Mundo

Treze anos do golaço mais emblemático de Kaká na Champions League

No dia do aniversário de Kaká, que completou 38 anos nesta quarta-feira (22), o gol destruidor do brasileiro eleito o melhor jogador do mundo no ano de 2007

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Kaká comemora golaço marcado contra o Manchester United na semifinal de 2007(Getty Images)

Kaká comemora golaço marcado contra o Manchester United na semifinal de 2007 | Getty Images

Semifinal da temporada 2006/07. O confronto de estrelas entre Manchester United e Milan, no Old Trafford, o Teatro dos Sonhos, tinha dois astros acima de todos os outros: Cristiano Ronaldo e Kaká. O português e o brasileiro tinham a missão de levar suas equipes à final da Champions League e o primeiro embate na Inglaterra seria completamente decisivo. O jogo terminou três a dois com vitória dos Red Devils, mas para sempre o jogo será lembrado pelo gol mais emblemático de Kaká na Champions League. Ele fez dois naquela noite do dia 24 de abril de 2007, mas este gol em que Kaká alia sua velocidade e explosão com sua habilidade simbolizam e resumem Kaká. 


 

No duelo da volta no dia 2 de maio de 2007, o Milan fez três a zero no Manchester United, no San Siro, para garantir com sobras e méritos a classificação para a grande decisão, onde faria a final com o Liverpool. Kaká participou dando o passe para o gol do título de Pippo Inzaghi e encerrou a temporada 2006/07 da Champions League como artilheiro isolado da competição com dez gols, sendo três deles marcados nos confrontos contra CR7 nas semifinais. O título e a artilharia da maior competição de clubes do mundo lhe garantiu tanto pela FIFA quanto pela Bola de Ouro da France Football o reconhecimento de jogador número um do planeta.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!


Como curiosidade, à época, a geração de transmissão da UEFA perdeu por conta de um replay que passava a jogada do gol quase que por inteira. Ao final de uma imagem recuperada mostrada, Kaká já está está fazendo um 'strike' com os adversários Heinze e Evra, depois de ter se livrado de Fletcher e ter dado um chapéu no camisa quatro argentino. Um gol para ficar eternizado na história da Champions League.

Comentários