Melhor Futebol do Mundo

Valverde sobre jogo com Liverpool: 'Foi um dos momentos mais duros do ano'

Treinador do Barcelona deu entrevista ao site do clube e comentou sobre pontos importantes de 2019

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

FC Barcelona v Tottenham Hotspur - UEFA Champions League Group B(2018 Getty Images, Getty Images Europe)

FC Barcelona v Tottenham Hotspur - UEFA Champions League Group B | 2018 Getty Images, Getty Images Europe

Ernesto Valverde teve um ano de altos e baixos no comando do Barcelona. De mais uma eliminação com requintes de crueldade na Liga dos Campeões ao título da La Liga, o comandante do time catalão viveu fortes emoções no cargo, além de muitos rumores de uma possível demissão. Em entrevista à 'Barça TV', canal do clube, o treinador fez um balanço de 2019 e falou sobre seus principais jogadores. Confira! 

Sobre o ano: "Fomos cumprindo nossos objetivos. Queríamos começar esse novo ano com a perspectiva de ter os deveres feitos para o ponto decisivo da temporada." 

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

Sobre objetivos para 2020: "O objetivo é ganhar todos os jogos. Se precisarmos de uma pontinha de sorte, tentaremos com que se incline a nosso favor e faremos tudo para que seja assim."

Sobre as eliminações na Champions e na Copa do Rei: "Até o Liverpool, fazíamos uma Champions League incrível. Em Anfield, tivemos chances, mas levamos o primeiro gol muito rápido; do ponto de vista psicológico houve momentos que nos passou pela cabeça o que aconteceu em Roma. Tivemos esse momento de fraqueza que nos penalizou. Foi um dos momentos mais duros do ano. É verdade que depois do golpe em Liverpool chegamos à final da Copa do Rei um pouco abalados. Se tivéssemos vencido em Liverpool, teríamos levado aquela final."

Sobre Griezmann: "Não só tem capacidade de fazer gols, mas também capacidade de trabalhar. Sabe se juntar com o meio-campo, sabe em que momentos tem que fazer uma ligação com a lateral. Estamos muito felizes com ele."

Sobre De Jong: "Com um grande desenvolvimento, está rendendo a um bom nível, mas ainda pode nos dar mais coisas, especialmente no ataque."

Sobre Messi: "É um talento tão claro. É difícil acrescentar algo mais a tudo que já se disse dele. Cada dia, em todos os lados do jogo, ele demonstra perfeição."

Sobre Suárez: "É muito insistente. Quando um atacante falha muito, é um bom sintoma, porque significa que está sempre perto do gol. E no final, o instinto sempre vai prevalecer."

 
Comentários