Outros Esportes

Chama olímpica é acesa sem público

Comitê Olímpico Grego quer evitar propagação do novo coronavírus

Avatar del

Por Redação Esporte Interativo

Cerimônia de acendimento da chama olímpica foi feita sem público(2020 Getty Images, Getty Images Europe)

Cerimônia de acendimento da chama olímpica foi feita sem público | 2020 Getty Images, Getty Images Europe

A chama olímpica foi acesa na manhã desta quinta-feira (12) em Olímpia, na Grécia, sem a presença de público por conta do risco do novo coronavírus no país.

A ausência de espectadores foi decidido pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) em parceria com o Comitê Olímpico Grego, como forma de evitar a contaminação pelo vírus, que registrou a primeira morte pela infecção no país. Em 36 anos, é a primeira vez que a cerimônia é feita sem público. A última vez foi na Olimpíada de Los Angeles, em 1984.

Seguindo a tradição, a chama foi acesa no local onde aconteciam os Jogos Olímpicos da antiguidade e dá início ao revezamento de sete dias do fogo olímpico, que será concluído na cidade de Atenas.  A chama seguirá para o Japão, para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos em Tóquio, no dia 24 de julho.

A grega Anna Korakaki, campeã olímpica, mundial e europeia de tiro esportivo, iniciou o revezamento da chama, sendo a primeira mulher a começar a tradição de carregar a tocha. 

Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 acontecerão de 24 de julho a 9 de agosto.

  • Outros Esportes
  • Olimpíada 2020
Comentários