Outros Esportes

Dana White fala em eventos semanais do UFC com realização em ilha particular

Presidente do UFC, Dana White quer a volta dos eventos do UFC até 18 de abril e deve utilizar avião e ilha particular

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Dana White, presidente do UFC(Josh Hedges/Getty Images)

Dana White, presidente do UFC | Josh Hedges/Getty Images

O UFC deve voltar a ter eventos a partir do próximo sábado (18). O presidente da organização, Dana White, afirmou em entrevista ao 'TMZ' que utilizará sua própria ilha e aviões particulares para garantir a realiazação das lutas.

"Eu reservei esse local por dois meses, e faremos eventos lá toda semana por esse período. Também estou a um dia ou dois de fazer um seguro para uma ilha particular. Eu tenho uma ilha, estamos colocando lá toda a infraestrutura e vamos fazer lutas com atletas estrangeiros lá também. Como não consigo trazer lutadores de outros países para dentro dos EUA, eu vou levá-los em um avião particular para essa ilha e fazer as lutas lá - os lutadores entrarão em um avião em um local para onde nós os levaremos e embarcarão sem saber para onde estarão indo. A partir de 18 de abril o UFC estará de volta, com eventos semanais".

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o presidente do UFC afirma que os enventos não terão presença de fãs e que todos os profissionais envolvidos serão testados por segurança.

"Será a 'Ilha das Lutas'. Acho que hoje (terça-feira) eu vou conseguir acertar tudo. Teremos tudo lá. Vamos levar os atletas de avião e realizar os eventos. Não haverá público, e todos serão testados previamente quantas vezes tiverem que ser. Vamos garantir que tenhamos atletas 100% saudáveis, e também membros da Comissão Atlética, funcionários, minha equipe de produção, treinadores, juízes, árbitros... Todos estarão seguros antes, durante e depois das lutas".

O próximo evento do UFC será o de número 249 e terá como luta principal o embate entre Tony Ferguson e Justin Gaethje.

 
Alex Telles faz aviso a brasileiro sobre o novo coronavírus: "Levem a sério"
  • UFC
Comentários