Outros Esportes

Rússia é excluída de Olimpíadas e Mundiais por quatros anos

Decisão foi tomada pela Agência Mundial Antidoping (Wada) e a Rússia não poderá participar de eventos como a Olimpíada de Tóquio e a Copa do Mundo no Qatar

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Rússia não poderá disputar mundiais de nenhuma categoria por quatro anos(Sergei Bobylev/Getty Images)

Rússia não poderá disputar mundiais de nenhuma categoria por quatro anos | Sergei Bobylev/Getty Images

A Agência Mundial Antidoping (Wada) anuciou a exclusão da Rússia de grandes competições esportivas por um período de quatro anos. A decisão foi tomada pela falsificação de dados enviados pelos russos à Wada.

Com a suspensão de quatro anos, os principais eventos que a Rússia não poderá participar são a Olimpíada de Tóquio, em 2020, e a Copa do Mundo do Qatar.

Além disso, o país não poderá disputar nenhum mundial de qualquer modalidade neste período, assim como os Jogos Olímpicos de Inverno de 2020, em Pequim. 

Por muito tempo o doping russo prejudicou o esporte limpo. A violação flagrante pelas autoridades russas das condições de restabelecimento da Rusada (Agência Antidoping da Rússia), aprovadas pelo Comitê Executivo em setembro de 2018, exigiu uma resposta robusta. É exatamente isso que foi entregue hoje. A Rússia teve a oportunidade de colocar sua casa em ordem e voltar a se juntar à comunidade internacional antidoping para o bem de seus atletas e a integridade do esporte, mas optou por continuar na sua posição de fraude e negação", diz um trecho do comunicado do presidente da Wada, Craig Reedie. 

De acordo com o anúncio feito pela agência, a votação pela suspensão da Rússia foi decidida por unanimidade pelos 12 membros do comitê executivo da Wada.

  • Doping
Comentários