"Não poderia ter sido tão especial". A declaração de Rodrigo Lindoso após a vitória de 2 a 0 sobre o Santos, neste sábado (16), pela 24ª rodada do Brasileirão, explica a importância da partida para o volante. No jogo de número 100 com a camisa alvinegra, o jogador se aventurou ao ataque algumas vezes e, mesmo após perder boas chances, conseguiu deixar a sua marca. O atleta falou sobre a persistência e a alegria pela meta alcançada.


As brigas pelo acesso para a Série B do Brasileirão vão pegar fogo! Não quer perder nenhum jogo das quartas de final da competição? Então, clique aqui e assine o Esporte Interativo Plus por apenas R$9,90/mês! Dá só R$0,33/dia!


"Não poderia ter sido tão especial. A minha filha entrou em campo comigo, meus familiares e meus amigos estavam presentes. Tive uma chance clara de gol, não fiz, mas fiquei tranquilo. Procuro não me lamentar muito. Fiz tudo que tinha para fazer e ela não entrou. Depois tive outra oportunidade e pude fazer. Resumo de tudo, um dia muito especial. Uma vitória que deixa a gente muito perto do G-4. Estamos em um momento muito bom", disse.


Em 2017, Rodrigo Lindoso realizou 39 partidas e chegou ao quinto gol. Pela marca alcançada, o volante foi homenageado no intervalo da partida deste sábado (16) e ganhou uma camisa comemorativa.

O volante chegou ao Botafogo em 2015 após boas atuações com a camisa do Madureira no Campeonato Carioca. Na época, Rodrigo Lindoso assinou por empréstimo até o final da temporada. No mesmo ano, o jogador ganhou a titularidade durante a Série B e renovou por duas temporadas.


Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

Divulgação

Clique e assine o Esporte Interativo Plus por por apenas R$9,90/mês! Dá só R$0,33/dia!