Vencedor dos dois maiores prêmios individuais da temporada, o 'The Best' da FIFA e a Bola de Ouro, Luka Modric falou com a imprensa após a cerimônia de gala deste último troféu, ocorrido em Paris nesta segunda-feira (03) sobre a honraria. Durante a entrevista, o camisa 10 do Real Madrid surpreendeu ao comentar a soberania de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, e dedicou a honraria aos jogadores Xavi Hernández, Andrés Iniesta e Wesley Sneijder, considerados 'rejeitados' do prêmio em outros anos. 


"Esses dois (Messi e Cristiano) tiveram um nível excepcional nos últimos 10 anos. Talvez no passado alguns jogadores podiam ganhar a Bola de Ouro, como Xavi, Iniesta ou Sneijder, mas não foi assim. As pessoas agora queriam algo diferente. Acredito que essa noite é uma vitória para o futebol. Estou feliz de ter sido o vencedor, mas esse prêmio é também para todos esses jogadores que provavelmente mereciam ganhar e não ganharam."


Lionel Messi e Cristiano Ronaldo dominaram as premiações de 'melhor do mundo' durante as últimas dez edições. Antes de Modric, o último nome a não ser do argentino ou do português a conquistar o título havia sido Kaká, em 2007.