​O prestígio de Nene com o torcedor do São Paulo diminuiu consideravelmente em relação a quando a equipe passou várias rodadas como líder do Campeonato Brasileiro e, nesta quinta-feira (06), o experiente meia também virou alvo de Toninho Cecílio, ex-jogador, ex-dirigente do Palmeiras e atual técnico de futebol.


Em seu perfil no Twitter, Cecílio acusou o camisa 10 do time tricolor de "derrubar Milton Mendes no Vasco e Diego Aguirre no São Paulo", disse que o jogador "saiu odiado do Palmeiras" e que, se tivesse sido seu dirigente ou treinador, "daria no meio" do atleta.


Veja abaixo a manifestação do técnico: